Contratar esteticista: o que levar em conta?

Não importa qual o segmento, a contratação de um novo profissional é um momento que exige a avaliação criteriosa de inúmeros fatores. Na hora de contratar esteticista não é diferente, principalmente ao considerar a importância dessa profissional para a clínica de estética.

Ela é responsável por boa parte dos tratamentos oferecidos na clínica, sendo seu papel fundamental o de promover a saúde e o bem-estar das clientes. Por isso, você precisa escolher muito bem quem vai desempenhar essa função. A seguir, entenda o que é necessário para contratar uma esteticista. Boa leitura!

Qualificações

Antes de qualquer coisa, avalie o perfil profissional da candidata para se certificar de que é compatível com o que você busca. Verifique no currículo a experiência em outras clínicas de estética e solicite certificados de cursos profissionalizantes na área. Isso é importante para descobrir se há a preocupação em manter as competências atualizadas e reconhecer quem tem interesse em desenvolver o melhor trabalho e evoluir profissionalmente.

Habilidades práticas

Após avaliar a candidata que melhor se encaixa ao perfil da clínica por meio do currículo e entrevista, o próximo passo é fazer um teste prático. Assim, você pode analisar os seus conhecimentos reais e a maneira como ela trabalha, antes de assinar um contrato.

Para isso, disponibilize todo o material e estabeleça o tempo que será necessário para que a tarefa seja concluída. Após o teste, faça uma análise não apenas referente às habilidades no serviço feito, mas também na forma como a candidata cuida das ferramentas de trabalho e como é o atendimento aos clientes.

Valores compatíveis com a clínica

Outro ponto importante a ser considerado é se o perfil comportamental da nova esteticista é compatível com o da sua clínica, ou seja, se ela se encaixa no ambiente de trabalho. Assim, procure reconhecer características do temperamento e qualidades da profissional, e se elas são adequadas também ao seu público.

Além disso, é preciso esclarecer as regras e os padrões que serão exigidos na execução dos serviços e tratamentos feitos na clínica. Isso é fundamental para que a esteticista esteja familiarizada com a forma de fazer o trabalho e de acordo com o nível de excelência exigido.

Maneira de tratar as pessoas

Durante o processo seletivo, procure identificar se a maneira como a profissional se comunica e trata as pessoas está compatível com o perfil que você procura. Além de avaliar a personalidade, observe também a educação e a facilidade de comunicação da candidata, e como isso pode agregar ou não ao seu negócio.

Como o ambiente das clínicas de estética costumam ser mais tranquilos e discretos, é importante que as colaboradoras tenham um perfil adequado. Caso contrário, é possível que algumas clientes se sintam incomodadas e optem por não retornar ao serem atendidas por uma profissional mal-educada, por exemplo.

Após contratar a esteticista para sua clínica, a profissional escolhida deve passar por um breve período de treinamento, para entender e se familiarizar com o funcionamento do estabelecimento. Nesse momento, esclareça de maneira clara e objetiva as funções atribuídas a ela, além das regras da sua clínica.

Gostou deste conteúdo? Caso tenha alguma informação interessante para acrescentar, deixe o seu comentário!

Imagem 0

Faça um comentário

Usuário ou email